Desde o início da quarentena imposta pela pandemia do Covid-19 as Instituições Conscienciocêntricas (ICs) estão com suas atividades paralisadas e operando em home office. Como ocorre em boa parte do mundo a presencialidade deu lugar às interações virtuais. Zoom, OBS, Google Meet, Skype e outras ferramentas de reuniões de trabalho e pequenos eventos ganharam força e utilidade nas empresas, nos setores públicos, escolas, enfim, em quase todos os lugares.

A Comissão de Ação Integrada foi logo formada pela UNICIN, o Colegiado da Conscienciologia e o Conselho de Epicons que estão se reunindo todos os dias em busca de soluções, consenso e compartilhamento de experiências com o objetivo de articular uma ajuda à nossa comunidade conscienciológica.

Três cursos foram organizados em um mutirão assistencial e mostraram ser um grande sucesso no uso de uma plataforma digital para a apresentação dos cursos.

A Reaprendentia lançou o curso Fundamentos da Autorreeducação: Flexibilidade Pensênica dentro da modalidade de ensino à distância cujo objetivo era trabalhar o desenvolvimento da desperticidade através da otimização das reciclagens intraconscienciais. Mais de 150 pessoas se inscreveram no curso que foi oferecido 100% em EaD dia 29 de março, com os professores Ruy Bueno e William Klein.

No dia 5 de abril a professora Mabel Teles conduziu o curso Paraidentidade Intermissiva: Fundamentos e estudo de caso da consciex Zéfiro, com uma procura muito grande para inscrições. Uma grande vitória para a CCCI!

Neste domingo próximo, dia 12 de abril, a professora Málu Balona vai dar um curso em modalidade EaD com o tema da Reconciliação Autocurativa numa parceria com o CEAEC.

Saiba +: Curso Reconciliação Autocurativa

Uma segunda frente interassistencial foi aberta numa parceria do Conselho de Intercomunicação, Conselho de Interassistência Tecnológica (CIT) e o grupo de pesquisa Transformação Digital, criada há poucos meses para estudar e difundir as boas práticas da comunicação e do marketing digital.

A tarefa da parceria é estudar formas de suporte às ICs que necessitarem de consultoria assistencial nas áreas de EaD, marketing digital e de comunicação. O projeto reúne voluntários especialistas que estão em reuniões emergenciais buscando soluções para as demandas da Conscienciologia.

Na segunda-feira, dia 6 de abril, o Conselho de Intercomunicação e a CIT se apresentaram ao Conselho de ICs para ouvir as demandas da comunidade e ajudar no esforço conjunto de assistência ampla nesta quarentena.

Além das questões financeiras, estratégicas e tecnológicas a CCCI considera que o processo de assistência a voluntários, evolucientes, conscins e consciexes devem ser a premissa mais importante em qualquer ação institucional.

Gestores da CCCI falam de suas experiências na quarentena

Conversamos com os coordenadores do CEAEC, Roberto Leimig, Félix Wong do IIPC e Giuliano Derrosso, da OIC sobre a quarentena e as ações feitas para readequar as rotinas de atendimento e gestão das instituições. De modo geral, apesar das dificuldades operacionais os gestores destacam a oportunidade que a CCCI tem hoje de aprender com a crise e reforçar sua missão interassistencial.

Félix Wong, no Podcast a seguir, enfatiza que “o momento é de revermos nossas práticas didático-pedagógicas nesta situação de emergência. Precisamos nos preparar melhor”.

Giuliano Derrosso coordena a Organização Internacional de Consciencioterapia, OIC. Ele mostra que, apesar do distanciamento social e das medidas de profilaxia tomadas durante a quarentena, a OIC tem obtido bons resultados nos atendimentos online e nos esforços dos voluntários em home office.

Roberto Leimig assumiu a secretaria-geral do Centro de Altos Estudos da Conscienciologia, CEAEC, há poucos meses e já enfrenta seu primeiro grande desafio que é trabalhar em novos caminhos para a instituição que presta assistência, todos os anos, a milhares de pessoas que visitam o Tertuliarium, a Holoteca, o Holociclo, os laboratórios de experimentos e as dinâmicas parapsíquicas.

Assista à entrevista de Roberto Leimig ao Portal da Conscienciologia.

Compartilhe:

Jair Rangel nasceu em Belo Horizonte, Minas Gerais. É jornalista e doutor em Comunicação pela UFRJ. Coordena o Conselho de Intercomunicação da UNICIN. É voluntário e tenepessista da Conscienciologia desde 2015. Contato: intercomunicacao@unicin.org