No dia 2 de maio de 2015, após o Círculo Mentalsomático, no Tertuliarium, foi lançado o livro Mapeamento da Sinalética Energética Parapsíquica com autoria de Sandra Tornieri. A obra possui inúmeras informações de ponta e inclui até um minidicionário sobre o assunto. Para falar mais desse lançamento, a autora concedeu entrevista para o Portal da Conscienciologia:

De onde surgiu a ideia de escrever sobre sinalética?

Veio de uma pesquisa que faço desde 2003, acumulando uma série de sinaléticas ao longo dos anos, resolvi fazer um verbete em 2012 sobre o mapeamento da sinalética. No ano seguinte, em 2013, quando assumi a Editares, tive a inspiração que esse seria o livro do momento e que seria importante publicar até por estar a frente de um trabalho sério com a publicação de outros autores. Também tive a inspiração do amparador me ajudar na escrita para utilizar um tema que fosse “o recorte, do recorte do recorte” que fosse um manual específico que iria concentrar meus esforços. Esse foi um aprendizado para começar a fazer o primeiro livro e conseguir entender como é a lógica e o encadeamento da escrita para poder ajudar até outras pessoas e escrever meus próximos livros.

 Quais os assuntos de destaque no livro?

É um livro bem introdutório sobre o assunto, mas por outro lado tem técnicas para quem quiser treinar suas autossinaléticas, tem um minidicionário analógico sobre a Sinaleticologia, que é para a pessoa começar a introduzir os termos e como é o universo da sinalética. Também há gráficos do corpo físico que é para ver que existe a sinalética a partir do soma, energossoma e mentalsoma sendo o psicossoma mais uma lista de emoções. Dessa forma, começando a mapear de fato, no papel. No livro também há um formulário para utilizar como base para anotar os sinais até que aquilo se torne uma sinalética fora outras indicações de sensações que já foram observadas e de técnicas que já foram utilizadas no curso da Escola do Parapsiquismo dado pelo CEAEC.

 Partindo dessa obra, já existe alguma ideia de escrever outro livro baseado na sinalética?

Sim. Já conversei com uma outra estudiosa do assunto que é a Michelle Pontes e ela já estava escrevendo um livro sobre o desenvolvimento da sinalética e na sequencia nós duas vamos escrever um livro sobre a teática da sinalética. Então será uma trilogia. Também quero ampliar esse dicionário de 135 termos para mil termos e fazer um dicionário da Sinaleticologia.

 Qual a sensação de estar na frente da Editares e publicar seu primeiro livro publicado?

É que não fiz mais do que a minha obrigação (risos). Estou muito feliz.

sina 1

sina 2

sina 4

sina 5

sin 6

 

Degustação de algumas partes do livro – link

 

* Por Alexandre Pereira.

Compartilhe: