O conscienciólogo Cesar Machado falou sobre as mudanças e melhorias do curso Formação de Autores que é endereçado a todos que almejam escrever um livro do paradigma consciencial. Segue a entrevista para o Portal da Conscienciologia.

 

Poderia trazer um breve histórico do curso?

O Curso Formação de Autores foi criado em janeiro de 2002, por iniciativa de voluntários, pesquisadores e professores da Conscienciologia, no CEAEC, em Foz do Iguaçu. Até o momento, foram realizadas 6 turmas.

Ao longo do tempo, o curso foi passando por reestruturações e adequações às demais atividades voltadas para a escrita disponíveis na CCCI. Na primeira reformulação, para a Turma II, foram acrescentadas oficinas de redação, oficinas de heterocríticas e debates com autores convidados. 

A partir da Turma III, houve a integração de todos os módulos em único curso, com aulas ministradas pelos autores e a criação de campos de escrita, práticas parapsíquicas e do painel livro aberto, este último com a exposição do autorando e o recebimento de heterocrí­ticas cosmoéticas grupais.

Na Turma V, a Uniescon – União Internacional dos Escritores da Conscienciologia, assumiu a coordenação técnica especializada do curso, mantendo o megafoco no autorando. O curso passou a ser ministrado prioritariamente pelos autores, contando com professores convidados (especialistas da Enciclopédia da Conscienciologia e de temas transversais relacionados à escrita conscienciológica).

Esta próxima turma será realizada no formato EAD, totalmente online, ministrada apenas por autores de livros da Conscienciologia. Este projeto já vinha sendo elaborado desde 2012.

 
Como está dividido o curso formação de autores EAD?

O curso está dividido em 7 módulos, com duas horas de duração (total de 14 horas). Será realizado todas as terças-feiras, a partir do dia 12 de maio, até 23 de junho, das 20 às 22 horas.

Vale lembrar que o curso visa o estímulo de escrita de livros técnicos-científicos, não ficcionais e não literários. Para isso, teremos aulas sobre escrita de biografias e autobiografias, manuais e livros técnicos propriamente ditos.

Outro ponto importante: pela carga horária pequena e pelo formato online (EAD), o curso será uma apresentação teórica das experiências e vivências dos autores de livros da Conscienciologia, para que os alunos possam, posteriormente, aplicar ou colocar em prática em seus escritos. Pensamos que servirá mais para alunos principiantes na escrita conscienciológica. Entretanto, por ser embasado nas experiências individuais dos autores e rico em técnicas para escrita, poderá ter utilidade também para aqueles já afeitos e desenvoltos quanto ao ato de escrever, porém sem experiência na publicação de livros.

 
Quais as novidades para essa nova turma?

A principal novidade é o fato de ser em formato online. Os cursos anteriores todos foram em modo presencial. Já fizemos isso com o objetivo de alcançar um público externo, ou seja, fora de Foz do Iguaçu. Há uma saturação de atividades por aqui e há uma demanda por atividades novas pelo Brasil e, pelo grande incentivo para escrita que há em nossa comunidade, vemos um interesse crescente pelo aprendizado da escrita de livros. Afinal, como já foi muito comentado em Minitertúlias, Tertúlias e no Círculo Mentalsomático, do ponto de vista de cápsula do tempo (algo deixado hoje por você, para ser acessada em sua próxima vida), não há nada comparado ao livro.

Outra novidade é que o curso será dado apenas por autores de livros da Conscienciologia, fato que não ocorria antigamente. Para esta turma, participarão 10 autores. Mas é interessante notar que hoje (Ano-base: 2015), a Uniescon já conta com quase 50 autores associados. Isto possibilitou a elaboração de aulas específicas, sobre as experiências individuais de cada escritor.

 
Quais as contribuições do curso para quem quer trabalhar a escrita?

O curso ajudará o aluno na escolha do tema, do público alvo, do estilo e formato do livro; na elaboração do plano geral da obra; na identificação de possíveis travões pessoais na escrita; na aprendizagem de técnicas para escrita conscienciológica; na auto-organização para escrita conforme a rotina pessoal; até a acabativa do livro. Tudo embasado nas experiências ou vivências teáticas dos autores-professores. Em resumo, favorecerá o que chamamos de desassédio mentalsomático, tornando mais claro para o interessado o rumo ou caminho a ser realizado para escrita do próprio livro.

 
Qual a mensagem final para os interessados nas gestações conscienciais?

Do mesmo modo que qualquer outra atividade, a qualificação da escrita vem com o hábito. Ou seja, não se chega à excelência autoral sem estudar e praticar. Outra coisa: qualquer escritor, mesmo experiente, está constantemente aprendendo novas técnicas.

Importa também dizer que não existe consciência que não produza ideias. Aliás, a todo momento estamos fazendo isso. Escrever, nada mais é do que transformar as ideias e reflexões pessoais em texto. No caso da escrita em Conscienciologia, transformar as vivências, experimentações e observações em escritos.

Esperamos, portanto, com este Formação de Autores em EAD, dar o impulso inicial para, em breve, termos novos autores na Uniescon e na Conscienciologia.

Dúvidas ou inscrições poderão ser realizadas na recepção do CEAEC – Telefone: 45-3525-2652. Ou diretamente na Uniescon, pelo e-mail: uniescon.ccci@gmail.com

Compartilhe: