Por definição uma síndrome, do ponto de vista médico, é o conjunto de sinais e sintomas associados a diferentes processos patológicos e que, juntos, formam o quadro de uma doença. No sentido figurado é a combinação de características e sinais com uma condição crítica que é suscetível de despertar medo e insegurança.(Dicionário Michaellis).

Síndrome do Estrangeiro é uma neoteoria proposta por Málu Balona em seu livro do mesmo nome publicado pela Epígrafe. Málu Balona descreve a Síndrome do Estrangeiro (ou SEST) como sendo “um mal estar existencial, sentimento de não pertencimento e de deslocamento do indivíduo nos diferentes ambientes em que se relaciona, seja na família, escola, trabalho e diante de si mesmo; a pessoa se sente um estranho no ninho”. 

Tal sensação remete a algumas condições que devem ser estudadas com muita atenção: além do sentimento de ser um estrangeiro, um outsider, Málu Balona destaca as chamadas ideias inatas – como admitir, desde criança, a interação com o extrafísico -, identificar seu potencial parapsíquico (que foi desenvolvido ao longo de muitas vidas); o choque evolutivo gerado pelo período intermissivo e a realidade do restringimento físico.

A atriz Maria Paula Fidalgo também mandou seu convite para o curso deste domingo

Málu Balona vai tratar destas e outras questões no curso EaD Síndrome do Estrangeiro: banzo existencial da Ação Integrada deste domingo, dia 26 de julho, das 14h30 às 17h30. As inscrições devem ser feitas pelo site do CEAEC. A arrecadação é destinada ao Fundo Interassistencial da Ação Integrada da CCCI.

Compartilhe: